Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS-SP

A A A Tamanho do texto

ESPAÇO DE PARTILHAS E PRÁTICAS DE AUTOCUIDADO E AUTOCONHECIMENTO

 

O Centro de Referência e Treinamento DST/Aids de São Paulo  oferece atenção específica  para jovens vivendo com HIV/aids nas faixas etárias indicadas no ECA e no Estatuto das Juventudes (dos 12 aos 29 anos)   promovendo também  ações para a promoção da prevenção combinada às IST/HIV/Aids para as juventudes em geral,   abordagem que tem como princípio fundamental a autonomia.

 

Pergunta norteadora as atividades do projeto ABRAce: De qual autonomia estamos falando ?
 
Atividades realizadas desde a década de 90 com usuários do CRT-DST/Aids  vêm mostrando que grupos de educação em saúde promovem a autonomia uma vez que representam um dos principais instrumentos para construção de saberes relacionados ao autocuidado, pois favorecem a interconexão entre o saber científico, técnico e o saber pessoal, incluindo a espiritualidade, advindo da experiência cotidiana dos indivíduos, e apreendido no seu contexto sociocultural.

 

A proposta do projeto ABRAce é estimular a compreensão da saúde para além da noção da ausência de sintomas, considerando os aspectos sociais e emocionais ligados ao bem viver e à qualidade de vida, como relacionamentos com amigos, família, afetivo-sexuais, o cuidado com a saúde mental, cuidado com a saúde sexual, outros aspectos orgânicos e a forma de lidar com as pressões do cotidiano.

 

O conceito do cuidado de si é outro elemento  norteador do projeto. Nele estão incluídas atividades iniciadas e executadas pelos indivíduos, de forma autônoma para a manutenção da vida, da saúde e do bem-estar.
As intervenções propostas no projeto buscam favorecer reflexões sobre estilo de vida sauda´vel, bem-estar, qualidade de vida, como também a prevenção dos fatores de risco para agravos crônicos. 

Esse atendimento está aberto para  jovens de todos os SAEs e  CTAs  do estado de São Paulo e jovens em geral que queiram trilhar conosco as jornadas para dentro de si. 

 

Além das modalidades presenciais clássicas presenciais (atendimentos individuais e atendimentos grupais) , são ofertados espaços online para a promoção de diálogos e reflexões , não norteada por qualquer forma de hierarquia, favorecendo a expressão sincera e espontânea e o cultivo de um estado de abertura e partilha entre os participantes.

Os espaços coletivos (tanto presenciais como virtuais) facilitam também a convivência, a troca de experiências, afetos e ideias; a identificação com outras pessoas que estão vivenciando situações similares; a construção do sentimento de pertencimento a uma coletividade; e a expansão do campo reflexivo, pelo contato com as diferenças. Tais benefícios são potentes motores para o processo de autoconhecimento e de construção de saberes e práticas de cuidado de si,  autonomia, engajamento e protagonismo dos participantes na construção continuada, que incluem a TARV e outras formas de prevenção e promoção à  saúde sexual.  

Também são instrumentos que promovam o fortalecimento do enfrentamento da discriminação e preconceito, frequentemente vivenciados por jovens  que fragilizam relações sociais e trazem desequilíbrios no processo saúde-doença, diminuindo a energia vital indispensável para a realização de tratamentos clínicos  das várias especialidades médicas.   

O ABRAce traz, para o campo programático das ações em saúde, a possibilidade de trabalhar adesão  com reflexões humanizadas sobre cuidado de si ,  utilizando também práticas complementares e integrativas. 

 

Os encontros são abertos para: 
- jovens do ambulatório de Saúde Integral para PVHA do Centro de Referência e Treinamento DST/Aids - SP e de outros ambulatórios de HIV/Aids do estado de São Paulo
- jovens que foram atendidos nos CTA's
- demais jovens que queiram participar conosco das jornadas para dentro de si como forma de promoção de saúde mental para prevenção das IST/HIV/Aids
-  Profissionais da área de saúde e outros que queiram refletir e implementar ações humanizadas especificas  para jovens.

 

Atividades oferecidas:

 

Espaço Jovem – 1 vez por mês (último sábado das 14h às 16h) – público : jovens vivendo com hiv. Parceria – Rede Estadual São Paulo Positivo

Oficinas Cuidado de Si – 1 vez por mês (terceiras quintas das 14h às 16h)  Parceria –  ONG Terra das Andorinhas 
Reflexões sobre sexualidade relacionadas ao cuidado de si , produção de lambes e escrita criativa (aberta  para jovens e interessados no geral) 

Oficinas de Arteterapia " A arte de viver sem amarras "  - todos os sábados das 16h às17h
(arteterapeutas voluntários)

 

OCUPE SUS JUVENTUDES IST/HIV/Aids – observatório estadual de promoção à saúde e práticas de assistência e prevenção de São Paulo – 1 vez por mês (último sábado das 13h às 14h) – público: jovens 

Encaminhamentos para práticas de Yoga, aplicação de Reike e outras práticas integrativas e complementares.

Resultado esperados - conhecer a si mesmo para potencializar a 
adesão a vida.

 

Contatos: abrace@crt.saude.sp.gov.br

Comunicar Erro




Enviar por E-mail






Colabore


Obrigado