A A A Tamanho do texto

Tratamento

A TUBERCULOSE TEM CURA?

 

SIM, todo paciente com tuberculose pode ser curado, desde que siga corretamente as orientações do médico e dos demais profissionais de saúde responsáveis pelo acompanhamento.

 

A TUBERCULOSE MATA?

 

Sim. Se uma pessoa com Tuberculose não se tratar adequadamente a sua probabilidade de morrer é grande. E quando o paciente com tuberculose abandona por conta própria o tratamento, isto possibilita o surgimento de "bacilos de Koch" resistentes aos remédios que hoje usamos para tratar a doença, dificultando o tratamento e podendo levar à morte ainda mais facilmente.

 

QUE REMÉDIOS SÃO USADOS NO TRATAMENTO DA DOENÇA?

 

Na maior parte dos casos são utilizados dois medicamentos: duas cápsulas vermelhas que contém os remédios rifampicina e isoniazida e quatro comprimidos brancos que contém o medicamento pirazinamida.

 

POR QUANTO TEMPO OS REMÉDIOS SÃO USADOS?

 

O tempo necessário para o tratamento da tuberculose é, em geral, seis meses.

 

É NECESSÁRIO COMPRAR OS REMÉDIOS?

 

Não, os remédios da tuberculose são distribuídos gratuitamente nos Postos de Saúde do seu município.

 

COMO DEVEM SER TOMADOS OS REMÉDIOS?

 

São tomados preferencialmente pela manhã, em jejum. Mas, em algumas situações especiais, o médico pode orientar outras formas de tomar os medicamentos.

 

OS REMÉDIOS TÊM EFEITOS COLATERAIS (Reações ou efeitos não desejados)?

 

Sim, eles não são freqüentes mas podem ocorrer. Os remédios as vezes provocam enjôos, vômitos, indisposição e mal estar geral. Mas, mesmo que isto aconteça não se deve suspender os remédios, porque frequentemente isto se resolve com medidas muito simples, que serão indicadas pelos profissionais de saúde responsáveis pelo tratamento do paciente. Não há justificativa para parar o tratamento, a não ser por expressa orientação do médico. Por isso, ao sentir alguma coisa, a pessoa deve procurar logo o seu médico.
Atenção! Ter urina de coloração avermelhada durante o tratamento é um efeito esperado e não tem nenhum problema. A cor das fezes também pode ficar alterada.

 

É PRECISO PARAR DE TOMAR BEBIDA ALCOÓLICA?

 

Sim, não se pode tomar os remédios e continuar a beber álcool (cerveja, uísque, cachaça, conhaque e outros), pois há risco de graves complicações, como por exemplo, hepatite. Mas, tem gente que tem uma grande dependência do álcool (não consegue parar de beber). Neste caso, converse sobre isto com o médico que está fazendo o acompanhamento do caso e não deixe de tomar os medicamentos, a não ser que seja orientado para isto.

 

É PRECISO PARAR DE FUMAR?

 

É aconselhável que o paciente pare de fumar, o que acaba por melhorar sua saúde como um todo. Mas se a pessoa não consegue parar de fumar de jeito algum, deve continuar a tomar os remédios e avisar ao médico que a acompanha sobre isto.

 

UMA MULHER GRÁVIDA PODE FAZER O TRATAMENTO DA TUBERCULOSE?

 

Sim, pois os remédios costumam ser seguros. A gestante em tratamento para tuberculose deverá esclarecer dúvidas sobre seu estado e os possíveis efeitos dos medicamentos sobre o bebê, com o médico responsável pelo tratamento. A mãe que teve já teve seu bebê pode amamentá-lo normalmente. Se ainda estiver no início da doença e ainda puder transmitir pela tosse, deve ser orientada por um médico de como fazê-lo. O bebê deve ter um acompanhamento especial.

 

TEM ALGUM MEDICAMENTO QUE INTERFERE NOS REMÉDIOS DA TUBERCULOSE?

 

É muito importante que o paciente informe ao médico os remédios que esteja utilizando. Por exemplo, os medicamentos "vermelhos" podem reduzir a efetividade da pílula anticoncepcional. Todas as dúvidas em relação aos medicamentos deverão ser esclarecidas com o médico que acompanha o paciente.

 

O QUE É TRATAMENTO SUPERVISIONADO?

 

É uma estratégia recomendada pela Organização Mundial de Saúde, pelo Ministério da Saúde e pelo Programa de Controle de Tuberculose do Estado do Rio de Janeiro para controlar a tuberculose. Entre outras coisas, no tratamento supervisionado um profissional de saúde ou uma pessoa treinada para isto, deve observar o doente tomando/engolindo os remédios. Desta forma a equipe fica mais próxima do doente, que pode assim conversar sobre suas dúvidas e não esquece e nem para de tomar os remédios. Tomar os remédios da forma correta é fundamental para a cura da tuberculose e para evitar que o doente transmita a doença.

 

O PACIENTE COM TUBERCULOSE PODE TRABALHAR?

 

Sim. O afastamento do trabalho vai depender das suas condições físicas. Em geral, recomenda-se que o paciente se mantenha afastado de suas atividades por 15 a 30 dias após o início do tratamento, período em que habitualmente deixa de contaminar o ar ambiente.

 

QUANDO O PACIENTE PRECISA INTERNAR?

 

Na maioria dos casos o tratamento deve ser ambulatorial. Quer dizer: no posto de saúde, centro de saúde, ambulatório. Mas, se o diagnóstico não for realizado o mais rápido possível e demore muito tempo para começar o tratamento, o quadro pode se agravar, ou seja, o pulmão pode ficar muito prejudicado pelo bacilo obrigando o paciente a receber cuidados especiais. Uma destas complicações é quando o paciente tosse com muito sangue e nesse caso tem que internar.

 

No caso de tuberculose em outras partes do corpo, é necessária a avaliação do médico para saber se existem complicações ou outras condições que indiquem a internação. Mas, no caso da meningite tuberculosa não tem dúvidas; o paciente precisa ser internado. Às vezes o estado geral do doente é bastante precário e ele vai necessitar da internação para se recuperar e poder continuar o tratamento no ambulatório.

 

O QUE ACONTECE SE ABANDONAR O TRATAMENTO?

 

Vamos dar um exemplo. Vamos supor que quando uma pessoa começa a se tratar ela tenha 100 bacilos. Aí, ela começa a tomar os remédios e morrem os 80 mais fracos. Sobram 20. Os 20 mais fortes!! Então, ela se sente melhor e resolve, por causa disto, parar de se tratar. Os 20 bacilos que sobraram começam a se multiplicar e a pessoa fica novamente doente ou pode vir a ter uma TB causada por bacilos fortes, que os remédios que o doente estava usando têm dificuldade para matar (TUBERCULOSE RESISTENTE). Vai ter que tomar mais remédios e por mais tempo!!! E pode não curar.

 

COMO SABER SE A TUBERCULOSE ESTÁ CURADA?

 

Somente o médico pode avaliar se o doente está curado ou não. Muitas vezes, o paciente melhora após um mês de tratamento (desaparece a febre, melhora o apetite, há ganho de peso) e abandona o tratamento. Isto está totalmente errado, porque o tratamento dura 6 meses.

Comunicar Erro






Enviar por E-mail






Colabore


Obrigado