A A A Tamanho do texto

A Transmissão

COMO SE PEGA A DOENÇA?

 

Quando o doente tosse, fala ou espirra ele espalha no ar gotas pequenas, mas muito pequenas mesmo com o micróbio da Tuberculose. Aí, uma pessoa com boa saúde, que respire este ar, pode levar este micróbio para o seu pulmão. É assim que acontece o contágio: o micróbio da Tuberculose (bacilo de Koch) penetra no organismo das pessoas pela respiração. Portanto, a tuberculose não se transmite pelo sexo, pelo sangue contaminado, pelo beijo, pelo copo, pelos talheres, pela roupa, pelo colchão ... A Tuberculose SÓ SE TRANSMITE PELO AR.

 

TODAS AS PESSOAS QUE ENTRARAM EM CONTATO COM O BACILO VÃO ADOECER?

 

Não. Na maior parte das vezes o organismo resiste e a pessoa não fica doente. Às vezes, mesmo que o organismo resista no momento, o micróbio fica "guardado" e a pessoa pode adoecer anos mais tarde, se estiver enfraquecida ou desgastada pelo alcoolismo, aids, diabetes, câncer e outras doenças. Os idosos também têm uma chance maior de adoecer. Apenas um pequeno grupo de pessoas pode ter a doença logo após o contato com o micróbio. E quando isto acontece, em geral, são pessoas debilitadas, crianças e idosos.

 

TODO PACIENTE COM TUBERCULOSE PODE TRANSMITIR A DOENÇA?

 

Não, somente os pacientes com a doença no pulmão que sejam bacilíferos, ou seja, aqueles que eliminem o "bacilo de Koch" no ar. Quem tem Tuberculose em outras partes do corpo não transmite a doença, porque não elimina os bacilos de Koch pela tosse. Os doentes de Tuberculose que já estão em tratamento não oferecem perigo de contágio, pois a partir do início do tratamento o risco de contágio vai diminuindo, um dia depois do outro e com 15 dias tomando corretamente os medicamentos já é muito provável que o paciente não esteja mais eliminando os bacilos de Koch.

 

AS PESSOAS QUE MORAM COM UM PACIENTE COM TUBERCULOSE PODEM PEGAR A DOENÇA?

 

Sim. A maior fonte de transmissão da Tuberculose é o doente com a doença no pulmão, porque ele elimina bacilos pela tosse, fala e espirro. Por isto as pessoas que convivem com ele, principalmente na mesma casa, antes do início do tratamento correto, são aquelas que têm maior risco de adquirir o bacilo. E os vizinhos? E os colegas de trabalho? E dentro do ônibus? Na escola?


As dúvidas são freqüentes e não dá para discutir todas as possibilidades, uma a uma. O certo mesmo é entender como se pega a Tuberculose e, a partir daí, o que pode facilitar ou dificultar o contágio. Para isto veja no tópico seguinte, 3 (três) situações que facilitam o contágio e o que pode ser feito em cada uma delas, para dificultar que o contágio aconteça.

 

 

Comunicar Erro






Enviar por E-mail






Colabore


Obrigado