A A A Tamanho do texto

Saúde promove programação especial na capital para Semana do Idoso

Até 5 de outubro, atividades de cultura e lazer, além de palestras para profissionais do envelhecimento, serão realizados pelas unidades de referência da Secretaria

Até a próxima sexta-feira, 5 de outubro, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo realizará atividades especiais na capital paulista em comemoração à Semana do Idoso.

O Centro de Referência do Idoso (CRI) da Zona Norte promoverá, nesta semana, uma programação de atividades para idosos moradores da região.

Entre as atividades programadas, haverá uma caminhada com idosos e atendimento na área de beleza, com de cortes de cabelo, limpezas de pele, manicure e reflexologia. Nesta terça-feira, será realizado um sarau literário, com a participação dos Trovadores Urbanos e o Grupo de Teatro do CRI Norte. Já na quarta-feira, os idosos participarão de uma competição de tênis de quadra.

No dia 4, a programação dará espaço para aulas abertas de dança. Na sexta-feira, os idosos poderão participar de aulas de Lian Gong - prática corporal fundamentada em conceitos da Medicina Chinesa - e jogos de mesa. A programação completa pode ser acesada pelo site www.crinorte.org.br.

"São atividades que reforçam o compromisso da unidade com a desmistificação do envelhecimento e com a prevenção e a orientação aos cuidados de saúde do idoso", afirma Carlos Uehara, diretor do CRI Norte.
Já o Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia, unidade da Secretaria de Estado da Saúde conhecida como Centro de Referência do Idoso da zona Leste, promoverá, também nesta semana, um simpósio no Centro de Convenções Rebouças para debater temas nas áreas de geriatria e gerontologia.

A demência entre idosos será o principal foco do simpósio. Temas como aspectos conceituais das síndromes demenciais, a arteterapia nas demências e o tratamento farmacológico do idoso demenciado serão apresentados para profissionais que atuam na área do envelhecimento. O evento é gratuito e as inscrições podem ser feitas no site www.ipgg.saude.sp.gov.br.

"Com o aumento da expectativa de vida e maior sobrevida da população, nos deparamos com um número cada vez mais expressivo de idosos e o envelhecimento da população traz inúmeros desafios, como as síndromes demenciais", afirma Paulo Sérgio Pelegrino, diretor do IPGG.
Publicado por Assessoria de Imprensa em

Comunicar Erro






Enviar por E-mail






Colabore


Obrigado