brasão governo do estado de são paulo

Em atendimento à legislação eleitoral (Lei nº 9.504/1997), os demais conteúdos desse site ficarão indisponíveis de 5 de julho de 2018 até o final da eleição estadual em São Paulo.

A A A Tamanho do texto

HC alerta para lesões causadas por smartphones

Ortopedista dá dicas para atenuar problemas causados nas mãos pela digitação excessiva nos celulares

O Instituto de Ortopedia de Traumatologia do HC-FMUSP, ligado à Secretaria de Estado da Saúde, alerta para problemas que o uso cada vez mais frequente de smartphones pode causar às mãos. Com a evolução tecnológica e a popularização dos celulares, cada vez mais pessoas têm acesso a estes telefones, que se parecem com computadores.

Navegar na Internet nunca esteve tão à mão. Mandar mensagens, responder e-mails ficou rápido e fácil. É possível se comunicar com o mundo usando apenas o polegar, que também é o responsável por segurar o aparelho. Segundo o ortopedista Mateus Saito, o dedo acaba enfrentando um ritmo maior do que o que foi feito para enfrentar, gerando lesões conhecidas como "textingtendinitis".

Recente estudo canadense feito com 140 universitários mostrou que 84% apresentavam alguma dor. A mais relatada foi a do polegar. O uso do navegador de internet aumenta em 2,21 vezes a chances de desenvolver dor no polegar quando comparado com usuários de celular sem internet. "Para cada clique que o polegar realiza há um movimento de extensão que, após várias mensagens, acaba por causar microlesões no tendão extensor que se inflama", diz Mateus, "a articulação da base do polegar também se inflama pelo excesso de atrito do movimento circular deste dedo", completa.

As inflamações causadas pelo uso dos smarthphones tendem a melhorar com o uso de bolsa de gelo e analgésicos.

Além de evitar longos períodos digitando e fazer alongamentos periódicos, o ortopedista dá as seguintes dicas:

• Uso consciente dos teclados dos celulares: veja se é necessária a comunicação imediata por mensagem. O uso de teclado e computador é sempre melhor.
• Evite digitar com a mesma mão que segura o celular, ou apoie o celular.
• Ative o sistema que "adivinha"o que você vai escrever
• Em caso de necessidade do uso excessivo destes aparelhos, procurar profissionais que orientem nos exercícios que fortaleçam as mãos.

 

Publicado por Assessoria de Imprensa em