A A A Tamanho do texto

HC ganha serviço para tratamento de epilepsia grave

O Hospital das Clínicas da FMUSP, ligado à Secretaria de Estado da Saúde, ganha nesta quinta-feira, dia 9 de dezembro, uma unidade especializada em diagnóstico e tratamento de casos de epilepsia de difícil controle. O serviço funcionará no Instituto de Psiquiatria do HC (Ipq). A inauguração acontece às 11h.

A nova unidade conta com cinco aparelhos para realização de exames de videoeletroencefalografia, 24 horas por dia. Segundo a coordenadora da unidade, Kette Dualibi Ramos Valente, o local é voltado, predominantemente, ao diagnóstico e tratamento da epilepsia refratária. "Ou seja, aquela que não apresenta controle com a medicação apropriada e que representa cerca de 30% dos pacientes com epilepsia", explica. 

O serviço tem capacidade para monitorar cerca de 40 pacientes por mês. O monitoramento ocorre durante as 24 horas do dia e o período de internação varia, em média, de três a sete dias. O registro prolongado de horas, ou até de dias, possibilita mostrar o comportamento dos diferentes tipos de crises epilépticas, sua caracterização, classificação e frequência.

Procedimentos com eletrodos de superfície e também com eletrodos implantados podem ser realizados no local. Também serão monitoradas crises não-epilépticas psicogênicas (confundidas com epilepsia devido à semelhança das manifestações comportamentais, mas que não são consequentes a descargas cerebrais anormais).

Humanização

A Unidade de Videoeletroencefalografia dispõe ainda de um quarto específico para receber crianças, com ilustrações nas paredes, play table e brinquedos LEGO, além de DVD para vídeos infantis. O objetivo é tornar agradável e lúdica a estada da criança, oferecendo segurança e apoio.

O Instituto de Psiquiatria do HC fica na rua Dr. Ovídio Pires de Campos, 875, Cerqueira César, zona oeste de São Paulo.

Publicado por Assessoria de Imprensa em

Comunicar Erro






Enviar por E-mail






Colabore


Obrigado