brasão governo do estado de são paulo

Em atendimento à legislação eleitoral (Lei nº 9.504/1997), os demais conteúdos desse site ficarão indisponíveis de 5 de julho de 2018 até o final da eleição estadual em São Paulo.

A A A Tamanho do texto

Saúde alerta para o risco de colesterol alto em crianças

A Secretaria de Estado da Saúde faz um alerta para o risco de colesterol alto, problema normalmente associado a adultos, afetar também as crianças. As causas para o alto índice nas crianças podem ser a hereditariedade e a má alimentação. Cerca de 15 crianças por mês procuram o Instituto Dante Pazzanese para tratar o problema. O controle do colesterol pode ser feito com a melhora do estilo de vida.

O colesterol é um importante indicador de algumas doenças como aterosclerose, obstrução das artérias, infarto, derrame, aneurisma e problemas nos rins. O colesterol alto em uma criança pode ser hereditário, principalmente se o pai teve alto índice de colesterol com menos de 55 anos de idade.

"As crianças que já têm antecedentes de colesterol alto na família devem fazer o exame e começar a cuidar da alimentação logo que descobrir o problema. As doenças causadas pelo colesterol alto podem ser evitadas com um estilo de vida e alimentação saudáveis. São recomendáveis a prática de exercícios, evitar o fumo e comer menos gordura", afirma o diretor de divisão científica do Instituto Dante Pazzanese, Marcelo Bertolani.

O colesterol normal para uma criança de 10 a 12 anos é abaixo de 100. Algumas crianças que se consultaram no Dante Pazzanese, no entanto, apresentaram marcador 200. Veja abaixo algumas dicas de cardápio para as crianças dadas pelo chefe da Sessão de Nutrição Clínica do Dante Pazzanese, Daniel Magnoni.

Cardápio Saudável contra o Colesterol Alto:

- Ingerir nas refeições saladas, verduras e legumes - para chamar a atenção das crianças, investir em "Saladas Coloridas", misturada com frutas, como melão e gomos de laranja;

- Grelhados com legumes;

- Substituir o arroz normal pelo integral;

- No inverno, sopas com batata e pepino;

- E, de sobremesa, compotas de laranja, goiaba ou pêssego, acompanhadas de requeijão light ou queijo branco;

- O refrigerante deve ser substituído por um suco natural ou industrializados conservados;

- Sempre fazer um lanche no meio da manhã e outro no meio da tarde, sem açúcar e sem muito sal; comer frutas e evitar, nos lanches, salgadinhos fritos e industrializados. No lanche também pode ser servido peito de peru e barras de cereal.

Publicado por Assessoria de Imprensa em