brasão governo do estado de são paulo

Em atendimento à legislação eleitoral (Lei nº 9.504/1997), os demais conteúdos desse site ficarão indisponíveis de 5 de julho de 2018 até o final da eleição estadual em São Paulo.

A A A Tamanho do texto

Instruções do Uso do Tabnet

Instruções de uso do TABNET

TABNET: Aplicativo para realização de tabulações na Intranet / Internet

 

Objetivo: O programa TABNET foi elaborado pelo DATASUS com a finalidade de permitir às equipes técnicas do Ministério da Saúde, das Secretarias Estaduais de Saúde e das Secretarias Municipais de Saúde a realização de tabulações rápidas sobre os arquivos .DBF, que constituem os componentes básicos dos Sistemas de Informações do Sistema Único de Saúde dentro de suas Intranets ou em seus sites Internet.

 

Instruções de uso:

Linha, Coluna e Conteúdo Períodos Disponíveis Seleções Disponíveis Ordenação dos Dados Formato da Tabela Mostre Limpa Exportação das Tabelas Copia como .CSV Copia para TABWIN Colunas Separadas por ; Fonte e Notas Técnicas Associando Arquivos CSV ao Excel.

 

1. Linha, Coluna e Conteúdo

Defina assim o formato de sua tabulação:
Linha: escolha, entre as opções existentes, a informação que você deseja exibir nas linhas de sua tabela;
Coluna: escolha, entre as opções existentes, a informação que você deseja exibir nas colunas de sua tabela, ou deixe em Não Ativa se quiser selecionar mais de uma opção na caixa Conteúdo;
Conteúdo: os dados disponíveis referem-se aos óbitos de residentes e ocorridos no Município de São Paulo. Não é necessário fazer seleção.
Pode-se aceitar as opções já pré-selecionadas em cada opção ou escolher um nova variável. Neste caso, basta clicar na opção desejada.
Atenção: É possível selecionar apenas uma variável para a linha e coluna.

 

2. Períodos Disponíveis
Esta caixa permite selecionar um ou mais períodos de tempo a serem considerados na tabulação, utilizando os procedimentos padrões do Windows:

 

  • para selecionar um único período de tempo, clique no período desejado.
  • para selecionar vários períodos em seqüência, clique no primeiro período desejado, mantenha a tecla pressionada e clique no último período de interesse.
  • para selecionar períodos alternados, clique no primeiro período desejado, mantenha a tecla pressionada e clique nos demais períodos de interesse.

 

3. Seleções Disponíveis
Trata-se de um recurso composto por várias caixas que permitem restringir a abrangência da tabulação a ser efetuada. Em cada caixa é possível adotar os seguintes filtros, também utilizando os procedimentos padrões do Windows:

 

  • para selecionar todas as categorias de uma variável: clique na opção "Todas as categorias".
  • para selecionar apenas uma categoria da variável: clique no nome dessa categoria.
  • para selecionar várias categorias em seqüência: clique na primeira categoria desejada, mantenha a tecla pressionada e clique no último período de interesse.
  • para selecionar categorias alternadas: clique na primeira categoria desejada, mantenha a tecla pressionada e clique nas demais categorias de interesse.

 

4. Ordenação dos Dados
Se desejar que os dados sejam apresentados em ordem decrescente, clique na opção "Ordenar pelos valores da coluna". Se esta opção não for marcada, os dados serão mostrados na ordem em que foram dispostos nas bases de dados (normalmente na ordem de seu código ou em ordem alfabética).

 

5. Formato da Tabela
Para a apresentação dos dados é possível escolher entre "Tabela com bordas", "Texto pré-formatado" e "Colunas separadas por ; (ponto-e-vírgula)".

 

As opções "Tabela com bordas" e "Texto pré-formatado" geram tabelas que podem ser visualizadas na tela e impressas usando os recursos de impressão do seu programa de navegação. Tabelas pequenas são melhor vistas no formato com "Tabelas com bordas", enquanto as maiores ficam melhor escolhendo-se "Texto pré-formatado".

Para exportar uma tabela, escolha a opção "Colunas separadas por ;". Veja o item Exportação das Tabelas.

 

6. Mostre
Realiza o processo de tabulação. Aguarde até que os resultados sejam exibidos na tela.

 

7. Limpa
Desfaz todas as seleções efetuadas anteriormente.

 

8. Exportação das Tabelas
Existem três opções para salvar as tabelas geradas em seu micro: 1. Copia como .CSV, 2. Copia para Tabwin e 3. Colunas separadas por ; (ponto-e-vírgula).

 

9. Copia como .CSV
Escolhendo-se a opção "Tabela com bordas" ou "Texto pré-formatado", a tabela será apresentada de acordo com a opção selecionada e haverá, abaixo da tabela, um link chamado "Copia como .CSV".

 

Clicando-se nesse link, a tabela será salva em um arquivo com formato delimitado (CSV). Esse arquivo pode ser importado por outros softwares, tais como planilhas eletrônicas, gerenciadores de Banco de Dados, etc. Esse arquivo está configurado para os padrões brasileiros: o delimitador é o ponto-e-vírgula e o separador decimal é a vírgula.

 

Se, em seu computador, os arquivos de extensão CSV já estiverem associados a um programa (por exemplo, o Microsoft Excel 95 ou superior), e o seu navegador for o Internet Explorer versão 3.0 ou superior, o arquivo poderá ser automaticamente aberto nesse programa.

 

10. Copia para TABWIN
Escolhendo-se a opção Tabela com bordas ou Texto pré-formatado, a tabela será apresentada de acordo com a opção selecionada e haverá, abaixo da tabela, um link chamado Copia para Tabwin. Clicando-se nesse link, a tabela será salva em um arquivo com extensão TAB, o qual poderá ser posteriormente aberto no programa TabWin. Se, em seu computador, os arquivos TAB estiverem associados ao programa TabWin, a tabela poderá ser aberta automaticamente no TabWin.

 

11. Colunas Separadas por ; (Ponto-e-Vírgula)
Quando se escolhe a opção "Colunas separadas por ;" a tabela, ao ser apresentada, não estará formatada convenientemente para visualização.

 

 

Para levar essa tabela para o software desejado ou para transformá-la em arquivo, selecione toda a tabela (Menu Editar/Selecionar tudo ou + no teclado) e copie para a Área de Transferência (Menu Editar/Copiar ou + no teclado).

 

Para salvar em arquivo, abra um editor de textos qualquer, tal como o Bloco de Notas do Windows, por exemplo. Cole o conteúdo da área de transferência (Menu Editar/Colar ou + no teclado), então, para o arquivo aberto e salve-o com o nome desejado.

 

É possível colar diretamente o conteúdo da Área de Transferência num programa de planilhas, como o Microsoft Excel ou o Lotus for Windows. Utilize o mesmo método, tomando cuidado para que o separador das colunas (Ponto-e-Vírgula) seja corretamente aceito pela programa de planilhas.

 

Se a transferência não puder ser feita diretamente da Área de Transferência para o programa de planilhas, salve a tabela num arquivo texto (como descrito anteriormente) e abra esse mesmo arquivo pelo programa de planilhas. O programa então perguntará o tipo de formato (informe delimitado) e qual o tipo de separador (informe o ponto-e-vírgula).

 

12. Fonte e Notas Técnicas
Os itens "Fonte e Notas Técnicas" apresentam informações sobre:

 

  • a origem dos dados que estão sendo tabulados;
  • as variáveis que estão disponíveis para tabulação;

Para acessar essas informações, clique no botão Notas Técnicas.

 

13. Associando Arquivos CSV ao Excel
As seguintes instruções podem ser utilizadas para associar arquivos com extensão CSV ao Microsoft Excel. Observe que as mesmas se aplicam ao Windows 95 ou 98, podem sofrer variações para outras versões, tais como Windows ME, NT, 2000, XP.

Em qualquer pasta do Windows, ou no Windows Explorer:

 

  • Clique no menu Exibir/Opções
  • Clique na aba Tipos de Arquivos
  • Na janela Tipos de arquivo, clique no botão Novo tipo
  • Em Descrição do tipo, digite Arquivo CSV para Excel
  • Em Extensão associada, digite CSV
  • Deixe em branco os campos Tipo do conteúdo e Extensão para o tipo de conteúdo
  • Para preencher o campo Ações, clique no botão Novo
  • No campo Ação, digite Open (mesmo que o seu navegador esteja em português)
  • Para preencher o campo Aplicativo usado para executar a ação, clique em Procurar
  • Localize em seu micro o arquivo Excel.exe e clique em Abrir
  • Na janela Nova ação, clique em OK
  • Na janela Adicionar novo tipo de arquivo, clique em OK

 

A partir de agora, quando você clicar no link Copia como .CSV, o seu navegador abrirá a tabela no Excel. Caso o programa pergunte sobre o que fazer com o arquivo, clique em Abrir.