brasão governo do estado de são paulo

Em atendimento à legislação eleitoral (Lei nº 9.504/1997), os demais conteúdos desse site ficarão indisponíveis de 5 de julho de 2018 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Preparação da Vigilância em Saúde para o enfrentamento de desastres naturais

A atuação da Vigilância em Saúde nos Desastres Naturais

 

Anualmente, a ocorrência de desastres naturais tem exigido atuação das equipes de vigilância em saúde e ampliação da integração loco-regional com os diferentes atores envolvidos na assistência e recuperação das estruturas danificadas ou destruídas.

No âmbito da Coordenadoria de Controle de Doenças, órgão da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, foi definido um fluxo para notificação dos eventos que constituam ameaça à saúde pública, resultantes do impacto de fenômenos naturais extremos ou intensos, que ocasionem:

  • pessoas desabrigadas;
  • exposição à água para consumo humano fora dos padrões preconizados;
  • comprometimento da capacidade de funcionamento e infraestrutura das unidades de saúde locais.

 

Formulários padronizados foram estabelecidos visando instrumentalizar a atuação da esfera local enquanto primeiro nível de resposta:

  • Avaliação de danos humanos e em serviços de saúde (ADAN-SUS/SP - A)
  • Avaliação de danos e Identificação de Necessidades em Saude (ADAN-SUS/SP-B)
  • Avaliação do Fornecimento de Água para consumo humano (ADAN-SUS/SP-C)
  • Monitoramento (ADAN-SUS/SP-D)

 

 

Fluxograma para notificaçao

 

 

FORMULÁRIOS

 

ADAN SUS - SP A

Instruções de preenchimento

 

ADAN SUS-SP B

Instruções de preenchimento

Procedimento Operacional Padrão - 196002

 

ADAN SUS-SP C

Instruções de preenchimento

 

ADAN SUS-SP D

Instruções de preenchimento

 

 

 

DOCUMENTOS TECNICOS

Lepstopirose

http://www.cve.saude.sp.gov.br/htm/ZOO/pdf/LEPTO1415_IF_TECNICO.pdf

 

Vigilância da Qualidade da água para Consumo Humano em Situações de estiagem  - Comunicado CVS 23/2014  http://www.cvs.saude.sp.gov.br/zip/Comunicado%20CVS%2023.pdf

 

Desastres Naturais: conhecer para prevenir

http://www.igeologico.sp.gov.br/downloads/livros/DesastresNaturais.pdf

 

Cadernos de Educação Ambiental - Desastres Naturais

http://www.ambiente.sp.gov.br/wp-content/uploads/publicacoes/sma/8-DesastresNaturais.pdf

 

Roteiro para montagem de um Plano Preventivo de Defesa Civil

http://www.defesacivil.sp.gov.br/v2010/portal_defesacivil/conteudo/documentos/roteiro_plano_preventivo.pdf

 

 

 

MATERIAL DE APOIO

Como se proteger de tempestades

http://www.defesacivil.sp.gov.br/v2010/portal_defesacivil/conteudo/documentos/volante_tempestade.pdf

Como se proteger das enchentes

http://www.defesacivil.sp.gov.br/v2010/portal_defesacivil/conteudo/documentos/volante_enchente.pdf

Como evitar deslizamentos

http://www.defesacivil.sp.gov.br/v2010/portal_defesacivil/conteudo/documentos/volante_deslizamento.pdf

Como agir no período de estiagem

http://www.defesacivil.sp.gov.br/v2010/portal_defesacivil/conteudo/documentos/volante_estiagem.pdf

 

 

 

LINKS DE INTERESSE

 Coordenadoria Estadual de Defesa Civil  http://www.defesacivil.sp.gov.br/

 

OPERAÇÃO VERÃO

 

Ação envolve diferentes órgãos do Governo Estadual e visa a prevenção de danos em consequências de desastres naturais típicos da estação. Durante a Operação Verão, período que se estende de 1 de dezembro 2014 até 31 de março de 2015, são deflagrados os Planos Preventivos de Defesa Civil (PPDCs), que por meio da otimização dos recursos humanos e materiais disponíveis, tem como finalidade permitir a antecipação aos acontecimentos, facilitando a atuação preventiva frente às situações de risco. A Defesa Civil do Estado de São Paulo (CEDEC/SP) promove a articulação entre as secretarias integrantes do Sistema Estadual de Defesa Civil, os órgãos que prestam atendimento emergencial (Polícia Militar, Corpo de Bombeiros), equipes municipais de defesa civil e a própria comunidade.

 

Conheça os níveis da Operação Verão

http://www.sidec.sp.gov.br/producao/map_opverao/map_pluviometria.php

 

 

 

ELAT - GRUPO DE ELETRICIDADE ATMOSFÉRICA

 

O Grupo de Eletricidade Atmosférica - ELAT é o primeiro grupo de pesquisa sobre raios criado no Brasil e faz parte do Centro de Ciências do Sistema Terrestre do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE. Embora tenha sido criado oficialmente em 1995, o ELAT tem sua origem nas pesquisas científicas e tecnológicas em eletricidade atmosférica desenvolvidas no INPE desde 1979 na área de Ciências Espaciais e Atmosféricas. É considerado uma referência mundial nas pesquisas sobre eletricidade atmosférica.

 

MAPA DE RAIOS EM TEMPO REAL

http://www.inpe.br/webelat/homepage/

 

RELAÇÃO ENTRE URBANIZAÇÃO E RAIOS

http://www.inpe.br/webelat/imagesNovoLayout/arte/infografico_3_alta.jpg

 

COMO SE FORMAM OS RAIOS

http://www.inpe.br/webelat/imagesNovoLayout/arte/infografico_1_alta.jpg